Cabeceiras Basto – Detidos por caça em local e com meios proibidos

O Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Fafe, no dia 16 de dezembro, deteve dois homens de 45 e 72 anos, por caça com meios proibidos e em terreno não cinegético, no concelho de Cabeceiras de Basto.

No decorrer de uma ação de fiscalização ao exercício do ato venatório para prevenção e deteção de situações ilícitas, os elementos do NPA surpreenderam os indivíduos que estavam a caçar em terreno não cinegético, ou seja, terreno onde não é permitida a caça, nomeadamente, numa faixa de proteção a menos de 250 metros de residências e com recurso ao processo de espera, o qual constitui um método proibido de caça, motivos que levaram às detenções dos suspeitos.

No decorrer das diligências policiais, foram apreendidas duas armas de fogo e respetivos livretes de manifesto de arma, cartas de caçadores, cadeados e bolsas de transporte, bem como 48 munições de calibre 12.

Os suspeitos foram detidos, e os factos comunicados ao Tribunal Judicial da Comarca de Cabeceiras de Basto.

A GNR relembra que quem capturar espécies não cinegéticas, com recurso à utilização de meios e processos não autorizados, incorre num crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegética e é punido com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 100 dias.

Fonte: GNR

mostrarImagem-3

 

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP