Caçadores ilegais detidos pela GNR



A caça grossa, e em particular ao veado, é a paixão dos dois homens que, na madrugada de ontem, foram detidos em flagrante na zona de S. Marcos da Serra, por militares da GNR de S. Bartolomeu de Messines, apoiados pelo Núcleo de Proteção Ambiental (SEPNA) de Silves da força de segurança. Os guardas apreenderam a arma utilizada pelos suspeitos, que tinham acabado de abater um animal.

Segundo o CM apurou junto de fonte do Comando da GNR na região, a detenção dos dois homens, de 31 e 37 anos, por caça ilegal, ocorreu no interior de uma reserva cinegética, na referida freguesia do concelho de Silves. “Os dois caçadores tinham abatido um veado adulto e preparavam-se para abandonar a reserva quando foram intercetados pela Guarda”, esclareceu a fonte da GNR.

Os dois caçadores, um residente na zona de Portimão e outro em S. Marcos da Serra, faziam-se deslocar numa viatura ligeira de mercadorias, que foi apreendida. Os militares recolheram, igualmente, uma carabina destinada à caça grossa, uma mira telescópica de visão noturna e sete munições, além do veado.

A atuação da GNR impediu qualquer reação por parte dos caçadores, que vão ser apresentados amanhã ao Tribunal Judicial de Silves para primeiro interrogatório. Refira-se que o facto de, na serra de Silves, ter sido reintroduzido o veado, há alguns anos, tem vindo a atrair caçadores ilegais à zona. Uma realidade a que a GNR está a prestar atenção.

Fonte: CM



Gostou deste Post?

Speak Your Mind

*

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com