Detidos por caça ilegal

Celorico da Beira e São Pedro do Sul – Três detidos por caça ilegal

O Comando Territorial da Guarda e de Viseu , através dos Núcleos de Proteção Ambiental da Guarda e de Viseu, nos dias 18 e 19 de janeiro, deteve três homens, com idades compreendidas entre os 26 e os 60 anos, por caça ilegal, no concelho de Celorico da Beira e São Pedro do Sul.

No decorrer de uma fiscalização ao exercício da caça em Celorico da Beira, no dia 19 de janeiro, os militares detetaram um homem a caçar, não cumprindo a proibição de exercer a atividade nas faixas de proteção dos aglomerados populacionais, bem como a faixa de proteção de campo de jogos, tendo sido detido de imediato.

No decorrer da fiscalização, foi ainda apreendido o seguinte material:

  • 109 cartuchos carregados com chumbo;
  • 36 cartuchos vazios;
  • Duas Caçadeiras;
  • Duas bolsas de transporte;
  • Um saco transporte cartuchos;
  • Um cadeado de gatilho.

Ainda na sequência de uma fiscalização do ato venatório em São Pedro do Sul, o Núcleo de Proteção Ambiental de Viseu deteve em flagrante delito dois homens a caçar fora da jornada, ou seja, durante o período noturno, e através de processos e meios proibidos, nomeadamente, fazendo uso de veículo e munições proibidas – zagalotes.

Na sequência da ação foram apreendidos seis cartuchos, uma caçadeira, uma lanterna tática e um veículo.

Os três detidos foram constituídos arguidos, e os factos remetidos ao Tribunais Judiciais de Celorico da Beira e de São Pedro do Sul.

Foto de Celorico da Beira e São Pedro do Sul – Três detidos por caça ilegal

 

Mirandela – Detidos em flagrante por caça com chamariz

O Comando Territorial de Bragança através do Núcleo de Proteção Ambiental de Mirandela, ontem, dia 19 de janeiro, deteve três homens, com idades compreendidas entre os 57 e 66 anos, pelo crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas, na localidade de Cabanelas – Mirandela.

Numa ação de fiscalização, os militares detetaram três homens a caçar tordos, Turdus philomelos, através de meios não permitidos, nomeadamente o chamariz, o que culminou na sua detenção.

Na sequência da ação ainda foram apreendidas três caçadeiras, um aparelho radiofónico, utilizado para o chamariz, e 35 cartuchos.

Os detidos estão neste momento a ser presentes no Tribunal Judicial de Mirandela, para aplicação de medidas de coação.

Foto de Mirandela – Detidos em flagrante por caça com chamariz

 

Fonte: GNR

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP