Estará o Zimbábue a ganhar a “guerra” contra os caçadores furtivos de rinocerontes?



Tudo aponta nesse sentido já que no ultimo ano forma mortos apenas 20 rinocerontes o que representa uma redução de 66% face ao ano anterior, pois em 2012 foram mortos 60 rinocerontes.

Além da redução do numero de animais mortos, a população de rinocerontes atingiu os 750 animais.

Os números foram anunciados por Geoffreys Matipano, diretor do Zimbabwe Parks and Wildlife Authority, numa conferência sobre sobre a conservação e preservação dos rinocerontes.

É certo que proteger 750 rinocerontes é mais fácil de fazer do que no caso da África do Sul, que tem uma população de 20.000 rinocerontes.

Contudo as diferenças entre os dois países são fortes, pois em 2013 a África do Sul perdeu cerca de 5%  da população de rinocerontes devido à caça ilegal, enquanto o Zimbábue perdeu cerca de 2,6% da sua população.

A população de rinocerontes no Zimbábue é constituída por 450 rinocerontes pretos e 300 rinocerontes brancos que vivem em parques nacionais ou em reservas particulares, sendo que este numero está substancialmente abaixo dos 2000 rinocerontes que habitavam no país nos anos 80.

De forma a baixar ainda mais a caça ilegal e o numero de animais mortos, as autoridades e as organizações de conservação da natureza, têm de implementar um maior numero de projetos de conservação da espécie, que desde já passam pela deslocação de animais para áreas de maior segurança, onde podem mais facilmente ser protegidos.

 



Gostou deste Post?

Speak Your Mind

*

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com