GNR – Vários detidos por caça ilegal

Fundão – Detido por caça ilegal

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Proteção Ambiental da Covilhã, no dia 13 de janeiro, deteve um homem, de 75 anos, por caça num local onde não estava autorizado, no concelho do Fundão.

No âmbito de uma operação de fiscalização direcionada para a prevenção e deteção situações ilícitas referentes às regras definidas no exercício do ato venatório, os militares encontraram o suspeito a caçar numa zona de caça associativa para a qual não estava autorizado, resultando na sua detenção.

Nesta ação foi ainda apreendido o seguinte material:

– Uma caçadeira;
– 11 cartuchos.

O detido foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

 

Mirandela – Detido em flagrante a caçar com meios proibidos

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Mirandela, no dia 17 de janeiro, deteve um homem de 41 anos, em Mirandela, por crime de caça ilegal, com recurso a meios proibidos.

No decorrer de uma ação de fiscalização, foi detetado um indivíduo a caçar, o qual estava a utilizar um aparelho eletrónico, designado por Chamariz, dotado de uma coluna amplificadora que imita os sons de pássaros, o que constitui um meio de caça proibido.

Da ação resultou a apreensão do seguinte:

– Uma caçadeira;
– 161 cartuchos;
– Um aparelho radiofónico (chamariz).

O detido foi ontem, dia 17 de janeiro, presente ao Tribunal Judicial de Mirandela, sendo-lhe aplicada a suspensão provisória do processo, mediante o pagamento de uma multa de 300 euros a uma instituição de solidariedade social.

 

Torre de Moncorvo – Detido por caçar durante a noite

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Torre de Moncorvo, no dia 17 de janeiro, deteve um homem, de 39 anos, por exercício da caça antes do nascer do sol, no concelho de Torre de Moncorvo.

No âmbito de uma fiscalização que visou prevenir o exercício da caça durante o período noturno, os militares intercetaram o suspeito a caçar, em flagrante, durante a noite.

Na sequência desta ação foram apreendidos 155 cartuchos de vários calibres, uma espingarda de calibre 12 e um tordo, “Turdus Philomelos”.

O detido foi constituído arguido e sujeito a medida de coação de termo de identidade e residência, sendo presente hoje, no Tribunal Judicial de Torre de Moncorvo.

Foto de Torre de Moncorvo – Detido por caçar durante a noite

 

Fonte: GNR

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com