Remington – modelos 700 e Seven – Espingarda fatal para caçadores



Um defeito no gatilho das espingardas Remington – modelos 700 e Seven – está a obrigar a maior fabricante de armas de caça do Mundo a recolher este tipo de caçadeiras. Nos EUA há 24 casos mortais e mais de 100 sob investigação.

Em Portugal, garante o distribuidor da marca, “foram vendidas 50 unidades”, o que motivou a empresa a emitir um alerta para a retirada destas armas do mercado português.

De acordo com o aviso da Remington divulgado no dia 9/1 em Portugal, “as espingardas modelo 700 e modelo Seven com gatilhos XMP podem, em determinadas circunstâncias, disparar involuntariamente”. “Os modelos afetados foram fabricados entre maio de 2006 e abril de 2014.”

“Desde outubro do ano passado que estamos a contactar os nossos clientes e nenhum se mostrou insatisfeito e até agora nenhuma arma apresentou problemas. Esta medida da Remington é um compromisso internacional em que o fabricante joga pelo seguro”, explicou ontem ao CM João Bravo, proprietário da Sodarca, empresa que representa e comercializa em exclusivo a Remington em Portugal.

A Remington alerta os detentores destes dois modelos para verificarem o número de série da arma e consultarem o site www.xmprecall.remington.com para saber se é uma das armas a ser recolhida e reparada pelo fabricante. A PSP e a GNR não divulgaram dados sobre o registo destas armas nem de acidentes, solicitados pelo CM.

Fonte: CM



Gostou deste Post?

Speak Your Mind

*

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP