Chumbada Proibição do Tiro ao Pombo

O PSD e o CDS conseguiram eliminar a proibição do tiro a todo e qualquer tipo de aves cativas, referindo-se necessariamente às aves criadas em cativeiro. A medida contava na proposta do Governo, depois de um acordo com o partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) que incluiu outras medidas como o fim da isenção do IVA dos toureiros ou aumento do preço dos sacos de plástico.

O fim do tiro ao voo — vulgarmente designado por tiro ao pombo — foi chumbado pelo PSD, CDS e PCP, com os votos contra do PS e Bloco de Esquerda.”

Só que não era só o tiro ao pombo que estava em causa, era muito mais, como de costume!…

Com esta iniciativa, o PAN queria, pela calada, mediante acordo feito nos bastidores com o Governo, proibir uma atividade por via de um diploma de política fiscal e orçamental (o que é inconstitucional), furtando-se a fazer uma discussão séria e prévia com as partes interessadas.

Congratulamo-nos assim com o resultado da votação ocorrida ontem, condenando a proposta do PAN ao fracasso.

O sector da Caça continua unido, fazendo-se ouvir no Parlamento pela Plataforma Sociedade e Animais, que tem conseguido criar as pontes com os deputados e grupos parlamentares, na defesa da Caça em Portugal.

Este Orçamento de Estado fica ainda marcado por outras propostas do PAN que foram chumbadas, todas elas focadas no ataque a atividades culturais e ligadas ao Mundo Rural, resultantes da doutrina animalista radical que cada vez mais caracteriza este partido. O caso mais mediático das ultimas semanas foi mesmo o caso do IVA nas touradas, resultando mesmo de uma larga dissidência dentro do PS, partido que apoio o Governo.

Parabéns assim a todos os Deputados que votaram contra estes ataques ao Mundo Rural!

Criação de Blogues e Sites em Wordpress | MisterWP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com